eventos e notícias

Hospital Auxiliadora inicia novo tratamento de pacientes com COVID-19 Em destaque
Foto: Assessoria de Comunicação do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora

Pensando na melhoria e qualidade no atendimento dos pacientes com COVID-19, o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora (HNSA), em Três Lagoas (MS), iniciou testes com um dispositivo de ventilação não invasiva que pode evitar que pacientes acometidos com a doença sejam intubados.

 

A Bolha de Respiração Individual Controlada (BRIC) possui conexões respiratórias e funciona como uma interface entre o paciente e um ventilador mecânico. Devido sua vedação, a BRIC impede a propagação do vírus pelo ar, reduzindo o risco de contaminação dos profissionais de saúde e outros pacientes.

 

De acordo com a coordenadora da fisioterapia do HNSA, Mara Pinto, o uso da BRIC pode melhorar a oxigenação e o esforço do paciente, prevenindo a intubação e evitando a ventilação mecânica invasiva com alto risco. Além disso, por ser um dispositivo estanque (vedado), diminui drasticamente as chances de contaminação dos profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à doença. “Com o auxílio do equipamento temos o intuito de prevenir uma intubação e manter o paciente bem após uma extubação”, explicou a coordenadora da fisioterapia.

 

Para contribuir com as ações do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, em Três Lagoas (MS), ou com as demais obras sociais salesianas pelo Brasil sem sair de casa, acesse o Site da União Pela Vida (UPV) ou baixe o aplicativo da UPV disponível para Android e iOS.

 

Fonte: Assessoria de comunicação – Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, Três Lagoas (MS)