eventos e notícias

Nova Casa Salesiana de Acolhimento às Crianças Indígenas é Inaugurada na Amazônia Em destaque
Foto: Agenzia Info Salesiana (ANS)

Que dia melhor para inaugurar uma nova missão salesiana do que o aniversário de Dom Bosco? Assim, na última segunda-feira (16), em Iauaretê, na Amazônia, foi inaugurada a nova casa de acolhimento para crianças indígenas. O projeto, realizado na pequena aldeia onde o Pe. Roberto Cappelletti é o responsável pela Comunidade salesiana, foi finalmente finalizado. “Quando cheguei aqui, em fevereiro de 2015, logo vi quão precária era a situação em que os coirmãos salesianos viviam já havia dez anos. Um sótão coberto por chapas de zinco, com temperaturas que chegavam a 40 graus durante o dia, infestado de morcegos, camundongos e aranhas, onde nenhum ser humano merece viver. Além disso, conhecendo aos poucos a realidade, percebi quantos meninos e meninas, que normalmente já viviam em famílias desestruturadas, sem um lar digno, eram deixadas por conta própria”, lembra o Pe. Cappelletti.

 

O Projeto Iauaretê, desde cedo, recebeu muita atenção, uma vez que sempre representou um desafio educativo num dos extremos geográficos e culturais do Brasil. Em 2019, o Pe. Cappelletti foi convidado para o Concerto de Natal no Vaticano e, no mesmo ano, o Liceu das Filhas de Maria Auxiliadora de Valdocco dedicou uma semana de atenção ao seu projeto, transformando-o num percurso de formação para os seus alunos.

 

A intenção, em Iauaretê, não era consertar algo, mas simplesmente iniciar um processo de longo prazo, e o Pe. Cappelletti foi um verdadeiro arquiteto da nova estrutura. A mesma – explica Cappelleti – “é composta por sete suítes individuais (quatro para os salesianos da missão e três para os voluntários, FMA e convidados), dois grandes dormitórios (cada um deles com capacidade para 30 redes), um refeitório com capacidade para até 40 crianças, cozinha, despensa, lavanderia, sala de convívio e uma sala de atividades. Cada quarto terá seu próprio banheiro e cada dormitório disporá de quantos lhe forem necessários. A parte externa contará com um espaço para brincar e se divertir”. 

 

Desde o início da obra, a estrutura salesiana tem sido um farol para direcionar as energias dos habitantes para uma nova perspectiva. Esta casa, como lembra o missionário, é um sonho que foi cultivado durante cinco anos e agora pode ser realizado graças à ajuda da Missioni Don Bosco e de outras Instituições de caridade e Benfeitores. O Pe. Cappelletti também quis reconhecer o grande trabalho de Carlinhos Dias, gerente operacional do projeto.

 

Da Missioni Don Bosco chega a mensagem: “Se caírem algumas gotas de chuva sobre a floresta e sobre a nova casa de Iauaretê, podemos apostar que serão as lágrimas de emoção do Pai Fundador que verão crescer a sua amizade com os índios – protagonistas de seu sonho missionário”.

 

Fonte: Agenzia Info Salesiana (ANS)