eventos e notícias

Beco do Bom Retiro ganha cores e Dom Bosco através do Graffiti Em destaque
Beco do Bom Retiro ganha cores e Dom Bosco através do Graffiti

A cidade de São Paulo tem mais uma opção em sua ampla cena cultural. O Beco do Bom Retiro, inaugurado na segunda-feira (10), faz parte do Projeto Colorindo o Beco, criado pelo artista Marco Valadares junto à turma da Oficina de Grafitti do Centro para Crianças e Adolescentes Programa Vida Melhor (CCA Provim) do Instituto Dom Bosco com o objetivo de proporcionar ações educativas que favorecem o protagonismo, o desenvolvimento da autoconfiança e de novas perspectivas de vida.

 

O beco, uma alusão a outro importante espaço de arte urbana da cidade, o Beco do Batman, está localizado na Rua Samuel Brener (lateral direita do Instituto) e é um ótimo atalho para os que por ali transitam, mas, devido ao impacto cinzento que causava, educandos da obra, alunos de escolas da região, além de trabalhadores e moradores locais, optavam pelo caminho mais extenso, próximo à avenida, sentindo-se mais seguros. O projeto desenvolvido transformou a realidade do beco, que agora, colorido, não é só um local visto como seguro e alegre, mas também ponto turístico para fotos e selfies.

 

Entre as cores, estão as assinaturas das crianças de 9 e 10 anos que participaram do projeto, Dom Bosco e seu cachorro Grigio, além da arte de desenvolvida por Marco.

 

"No centenário do Instituto Dom Bosco, a comunidade do Bom Retiro e entorno da região central de São Paulo é presenteada. Pudemos, juntos com as crianças, trocar experiências plásticas e de convívio, mas muito além do artístico e pedagógico, o projeto de arte pública revitaliza um espaço urbano comunitário, dando mais segurança e fruição aos muitos transeuntes que por aqui circulam. É excepcional" declarou Marco.

 

   

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora