eventos e notícias

Cesam/MG promove “Café Salesiano” para debater os benefícios do Programa de Aprendizagem Institucional
Cesam/MG promove “Café Salesiano” para debater os benefícios do Programa de Aprendizagem

Para debater os benefícios do Programa de Aprendizagem dentro do contexto social, o evento promovido pelo Cesam/MG acontecerá no dia 28 de junho, das 09h às 11h, na sede da obra social e contará com a participação da representante da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) e coordenadora do Fórum de Erradicação e Combate ao Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente (Fectipa/MG), Elvira Cosendey. A mesma conduzirá uma roda de conversa com profissionais de diversas empresas da região metropolitana de Belo Horizonte.

 

Na visão de Elvira, “a troca de experiências entre as empresas é importante e possibilita a oportunidade de ter uma visão mais ampla do alcance desse programa (Programa de Aprendizagem), que, além de ser uma obrigação legal, tem também um alcance social enorme. Atualmente, ele beneficia, em Minas Gerais, mais de quarenta e cinco mil jovens que estão em situação de vulnerabilidadeQueremos que todos os empregados das empresas tenham orgulho da mesma por contratar adolescentes aprendizes e que eles se envolvam em proporcionar a melhor oportunidade a esses jovens, para que possam ingressar no mercado de trabalho com conteúdo para oferecer”.

 

Carolina Panicali, Analista Socioeducativa do Cesam, explica que o tema do debate foi escolhido para que os gestores empresariais possam refletir e conversar sobre o papel desenvolvido pela empresa na formação dos jovens contratados. Ainda segundo ela, “a roda de conversa será um momento para que o programa (Programa de Aprendizagem) seja percebido como algo vantajoso, tanto para a empresa quanto para o adolescente”.

 

O Cesam/MG

 

Voltado à promoção e inclusão do jovem de baixa renda no mercado de trabalho, o Cesam é uma instituição que promove, há 46 anos, a Lei de Aprendizagem (Lei 10.097/2000), que garante aos jovens de 14 a 24 anos acesso a um trabalho digno e livre de exploração. Mantidos pela Inspetoria São João Bosco (Salesianos), a instituição possui sedes em outros três estados (Espírito Santo, Tocantins e Goiás) e no Distrito Federal.

 

Fonte: Inspetoria São João Bosco