eventos e notícias

Alunos do Instituto Dom Bosco visitam exposição sobre a Declaração Universal dos Direitos Humanos Obras educacionais
Oficina de Formação Humana e Cidadã

Os educandos do Centro para Crianças e Adolescentes Programa Vida Melhor (CCA PROVIM) do Instituto Dom Bosco, do Bom Retiro, em São Paulo, visitaram a exposição “Para Respirar Liberdade – 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos”, disponível no SESC Bom Retiro.

 

O objetivo da visita foi complementar a Oficina de Formação Humana e Cidadã, onde o educador Marcos Costa vem trabalhando com as crianças de 10 a 11 anos a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

 

No início da exposição foram trabalhados conceitos como “O que pode ou que não pode na exposição” e os educandos puderam escolher entre as opções “posso”, “não posso” e “devo”. Durante a visita guiada por monitores do SESC, os educandos participaram da pintura de folhas para a árvore da exposição. “A Árvore” (1990) é uma instalação itinerante de arte participativa composta por folhas de papel pintadas individualmente por cerca de 65 mil crianças de mais de 70 países, que não pára de crescer. Atualmente ela ocupa uma área de aproximadamente 400m2 e, pela primeira vez em seus quase 30 anos de existência, será reconstruída de maneira tridimensional.

 

 

Além disso, durante a visita foram relembrados fatos ocorridos na Segunda Guerra Mundial que marcaram a humanidade e os jovens aprenderam sobre o início do documento que é um marco na história dos Direitos Humanos, entre outras descobertas.

 

“Foi muito gratificante lembrar e ensinar a importância dos direitos humanos, para que não aconteçam novamente as atrocidades ocorridas na Segunda Guerra Mundial. Espero que no final da oficina nossos educandos possam aplicar entre eles esses direitos e entender que quando esses direitos são violados, o desrespeito permeia nossa sociedade.”, declarou Marcos Costa, educador do CCA PROVIM.

 

Fonte: Comunicação e Marketing – Instituto Dom Bosco