eventos e notícias

Hospital Auxiliadora é selecionado e participa de projeto do Ministério da Saúde Em destaque
Fonte: Adriano Vialle.

O Hospital Auxiliadora de Três Lagoas-MS foi selecionado a participar do projeto “Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil”, uma realização do Ministério da Saúde que visa qualificar e capacitar profissionais de saúde para reduzir o número de infecções relacionadas com a assistência à saúde e também acidentes adversos.

 

Durante esta semana o diretor do hospital, Marco Calderon; a gerente de qualidade, Daniela Mekaru; a coordenadora da UTI do Auxiliadora,  Ana Cláudia Cano; a enfermeira da Comissão Controle de Infecção Hospitalar, Paula Regina Aparecida; e a fisioterapeuta Mara Pereira estão envolvidos com o projeto.

 

O plano será construído por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS) para orientação dos profissionais de saúde a práticas e cuidado da segurança do paciente nos hospitais do Sistema Único de Saúde.

 

O Projeto Colaborativo “Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil” terá duração de três anos nos 120 hospitais selecionados pelo Ministério da Saúde. Essas unidades serão divididas em grupos coordenados pelos seis Hospitais de Excelência envolvidos com o IHI (Institute for Healthcare Improvement): Hospital Alemão Osvaldo Cruz (SP); Hospital Beneficência Portuguesa (SP); Hospital do Coração (SP); Hospital Israelita Albert Einstein (SP); Hospital Sírio Libanês (SP) e o Hospital Moinhos de Vento (RS). O Hospital Auxiliadora terá como mentor o Hcor (Hospital do Coração) por 18 meses, através da superintendente de Qualidade e Reponsabilidade Social, Dra. Bernadete Weber.

 

O Hospital Auxiliadora, através dos comportes do Núcleo de Segurança do Paciente, irá implantar o projeto na UTI e CCIH utilizando métricas e práticas referenciadas utilizadas por Hospitais de referência, tendo como objetivo realizar trabalho e orientações para as melhores práticas quanto o cuidado com a segurança do paciente, maximizar os recursos financeiros propondo reduzir eventuais desperdícios e gerar relatório de resultados no período do projeto.

 

Para a gerente de qualidade do Auxiliadora, Daniela Mekaru, trata-se de um dos maiores eventos de qualidade e segurança do paciente do país. “Iremos agregar muito trabalhando com protocolos de hospitais de excelência”, afirmou.

 


PROADI-SUS 

 

O Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS) possibilita que as entidades de saúde de referência participem do desenvolvimento do SUS, transferindo tecnologias de gestão e de atenção úteis para serem adaptadas pela rede pública, além de desenvolverem pesquisas de interesse do sistema.



O que é uma Colaborativa?

 

Um método de melhoria que se apoia na disseminação e adaptação de um conhecimento já testado, em vários locais (hospitais, clínicas, organizações), para conquistar um objetivo comum.